IX MEMÓRIAS DE BAOBÁ

15 Anos de Lei 10.639: Pertencimento, Espiritualidade e Educação.

O QUE É O MEMÓRIAS DE BAOBÁ?

Sou um parágrafo. Clique aqui para editar e adicionar o seu próprio texto.

 

CONTRIBUIÇÕES

Sou um parágrafo. Clique aqui para editar e adicionar o seu próprio texto.

 

O QUE É O MEMÓRIAS DE BAOBÁ?

‘Memórias de Baobá’ é um encontro de Formação que acontece desde 2010, sob o baobá centenário localizado na Praça do Passeio Público em Fortaleza - Ceará. Nesta IX edição abordará o tema "15 ANOS DA LEI 10.69/03: PERTENCIMENTO, ESPIRITUALIDADE E EDUCAÇÃO", dialogando com esses valores e saberes, com currículos e práticas docentes. As atividades desenvolvidas no evento visam à produção de material didático que faça a transposição desses saberes oriundos da ancestralidade, do pertencimento, da espiritualidade, dos saberes locais e das experiências diversas para a sala de aula, diminuindo a distância entre teoria e prática, dando sentido e vida para os conhecimentos escolares / acadêmicos. Comemorando os quinze anos de criação da Lei 10.639/03, trazemos exemplos ímpares dos resultados desta política curricular para a construção de uma educação antirracista e pluricultural. Diante das potências e desafios em torno da implementação da lei, resolvemos focar a sensibilidade que os trabalhos sobre pertencimento e espiritualidade propiciam na educação básica e nos processos culturais que afirmam e promovem o bem viver, através dos valores civilizatórios africanos e indígenas, especialmente os africanos. Assim, damos visibilidade a essas intervenções pedagógicas, filosofando e sistematizando também teoricamente os aportes dos enfoques afrorreferenciados para a disseminação de valores comunitários que fazem parte da nossa brasilidade, sem nos darmos conta, e outros que podemos descobrir ou potencializar mediante contato com conhecimentos oriundos da matriz cultural africana. O evento tem uma abrangência internacional não apenas em virtude de convidados, mas também por meio da participação de estudantes e professores da UNILAB - CE, promovendo trocas diversas, afetivas e efetivas no que se refere a construção pedagógica, da formação e da construção de novos / outros referencias, para produzirmos, para a educação, para o fortalecimento de nosso pertencimento e da nossa espiritualidade.

CONTRIBUIÇÕES

O IX Memórias de Baobá tem o intuito de promover diálogos formativos, por meio de trocas acadêmicas e culturais, troca entre academia e comunidade, além da produção de material didático-pedagógico e livros acadêmicos. Intenta-se produzir benefícios culturais e sociais. Benefícios Culturais: Preservação e difusão das oralidades africanas e dos saberes ancestrais comunitários e de solidariedade, fomentando valores como intergeracionalidade, coletividade e integração de grande valia para a educação no ensino básico e superior; fortalecimento dos grupos de brincantes através da divulgação, vivência e pesquisa; preservação e divulgação dos valores e expressões culturais e religiosas da diáspora negra através de pesquisa, publicação, vivência e exposição. Benefícios Sociais: Valorização da cultura afrodiaspórica como forma de superar o preconceito racial; conhecimento sobre países africanos (nessa edição, ênfase na Guiné Bissau), sobre afrodiáspora (Brasil e região caribenha), formação de profissionais das secretarias de educação e cultura, professoras/es, gestoras/es, e universitárias/os que já trabalham na educação, ampliando as experiências educacionais convencionais; fortalecimento das ações de implementação da Lei nº 10.639/03, promovendo a formação de multiplicadores dos valores civilizatórios afro brasileiros nos âmbitos da cultura e da educação. É importante frisar que também dialogamos com os valores culturais e formativos dos povos indígenas, conversando com a Lei 11.645/2008. Desse modo, o Memória de Baobá contribui na formação de todos aqueles e aquelas envolvidos no seu fazer, quer seja como organizador/a ou como participante. Nosso intento é divulgar pesquisas / experiências e na / para a formação por meio de trocas diversas.

 

FINALIDADE

O NACE (NÚCLEO DAS AFRICANIDADES CEARENSES) tem a preocupação fundamental de trazer para o fazer pedagógico uma abordagem condizente com os valores civilizatórios africanos e a diversidade de suas manifestações nas culturas afrodescendentes da diáspora, particularmente no Brasil. Inspirando-se em diversos estudos e experiências na área, dentre os quais, a abordagem teórico-metodológica afrorreferenciada denominada pretagogia. A intenção é mostrar uma diversidade de caminhos teórico-práticos para a implementação da lei 10.639/03, como também a 11.645/09. Nosso propósito de empretecer a pedagogia, até então quase unilateralmente eurocêntrica, tem gerado muitos efeitos positivos de diversificação cultural e instigado a aprofundar as pesquisas sobre esse universo tão plural que é o mundo afro, por meio da realização desse seminário científico que visa em especial, a formação de professores em serviço ou em formação inicial. A formação se dá de modo extremamente diversificado por meio de diálogos, palestras, conferência, mesas redondas, oficinas, rodas de formação, rodas de conversas, comunicações orais, atividades culturais e de integração intergeracional. Nosso propósito é divulgar, fortalecer e inspirar novas / outras práticas pedagógicas, que, fundamentalmente, trabalham com nosso reconhecimento e fortalecimento de nossas origens, implicando-se na formação do ser humano como um todo, assim, nossa proposta é fomentar mudanças no modo como nos olhamos e nos percebemos enquanto
educadores(as)/aprendizes em nosso fazer / ser cotidiano. Desse modo, o evento tem a finalidade fundante de formação para a vida, perspectivas de mudanças concretas da nossa realidade social, histórica, cultural e da educação. Nesse ano de 2018 estaremos com o BAOBAZINHO, um espaço dedicado às crianças, filhas e filhos das/os participantes do nosso evento, acreditando que podemos contribuir na formação como um todo e fortalecendo a participação de quem tem filhos/as.

 

HISTÓRICO

Desde o ano de 2010 realizamos o ‘Memórias do Baobá’, em todas suas versões tivemos atividades tais como: palestras, conferências, oficinas, performances culturais diversas (teatro, dança, etc), exposições, vivências, chão (mesa) redondo, rodas de conversas, rodas de formação, mini-cursos, apresentação de comunicações orais, lançamento de livros. O primeiro Memórias,novembro de 2010, teve como tema ‘Educação, cultura e religiosidade’. Em novembro de 2011 o II Memórias aconteceu com o tema "Lembrando a nossa ancestralidade africana: escrituras reveladas pelo nosso corpo-árvore". Na primeira semana de dezembro de 2012 o III Memórias trouxe o tema "Cosmovisão, educação e currículo". Já em dezembro de 2013 o IV Memórias trouxe a temática "Formação das africanidades nas nossas raízes ancestrais: pertencimento afro nos territórios negros e comunidades escolares". Em 2014 o V Memórias apresentou o tema "Memórias nas africanidades: Na roda, na ginga, na escola... a resistência se reelabora". Em 2015 a temática da 6ª edição fora "Estéticas Negras: Trançando Educação e Produção Didática". No sétimo ano do Memórias de Baobá olhamos para a diáspora negra na América dialogando com a Década Internacional dos Afrodescendentes (ONU) com a temática "Patrimônio, Formação de Professores e a Década Internacional de Afrodescendentes: A África está viva nas Américas!", neste ano realizamos, dentro do Memórias, o I Seminário Corpo-dança Afroancestral com o tema "Desafios de uma Pedagogia Afrorreferenciada" onde a dança fora o mote de sua construção, não apenas dançada, mas também falada por meio de palestra, minicursos e oficinas. O evento ganha abrangência internacional com convidados e participantes de diferentes regiões do país e de outros países. Em 2016 tivemos participação da Suécia e de Guiné-Bissau, em 2017 de Moçambique e Guiné Bissau, nesse ano, 2018, teremos de Guiné Bissau e Suécia. Em seus nove anos de realização, o evento já teve mais de 1600 participantes diretos.

Realização: 

Apoio:

​​

​​

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Pinterest Icon

© 2023 por Adilbênia Machado. Orgulhosamente criado com Wix.com

IX Memórias de Baobá

ORGANIZAÇÃO: NACE

Informações: memoriasdebaoba@gmail.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now